Veja os posicionamentos da Ufba e UFRB sobre o retorno das aulas presenciais. Universidades federais na Bahia seguem sem previsão de retorno das aulas presenciais
Divulgação / Ufba
As universidades federais na Bahia seguem sem uma previsão para o início das aulas 100% presenciais. A informação foi divulgada pelas assessorias das instituições de ensino ao g1.
As aulas presenciais foram suspensas em março do ano passado, no início da pandemia da Covid-19 em toda a Bahia.
O Governo do Estado anunciou que as escolas da rede estadual de ensino da Bahia vão retomar o modelo de aulas 100% presenciais, a partir do dia 18 de outubro.
Os alunos que cursam o ensino médio na rede estadual estão com aulas no regime semipresencial – metade presencial, metade virtual – desde 26 de julho. Já os estudantes do ensino fundamental começaram no dia 9 de agosto.
Confira a posição de cada universidade federal:
UFBA
A Universidade Federal da Bahia (Ufba) realiza mais um semestre letivo na modalidade online. O semestre 2021.2 começou no dia 9 de agosto e termina em 6 de dezembro.
Apenas alguns cursos da instituição estão com aulas práticas, mas com a presença de protocolos de saúde. Até o momento não há definição do sistema adotado para 2022.
UFRB
A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) também não tem previsão para o retorno das aulas presenciais. Atualmente, os alunos da pós-graduação cursam o semestre 2021.2 de forma remota.
Na graduação, o semestre 20.20.2 foi encerrado no domingo (10). O próximo semestre acadêmico, denominado 2021.1, começa no dia 1° de novembro, segue até dezembro, e tem uma parada em janeiro, antes de recomeçar no dia 31 e vai ser finalizado no dia 19 de março.
De acordo com a universidade, este semestre 2021.1 (novembro a março) será realizado prioritariamente de forma remota, mas estão autorizados componentes práticos em algumas disciplinas que possuem grande represamento de atividades práticas.
O semestre 2022.2 da pós-graduação está previsto para iniciar em 7 de março de 2022, mas o formato ainda não está definido. Na graduação, o semestre 2021.2 deve começar em abril, mas a data de início e o formato ainda precisam passar pela aprovação do Conselho Acadêmico (CONAC) e do Conselho Superior (CONSUNI).
A direção da UFRB informou que “havendo condições epidemiológicas favoráveis, nossa proposição será para intensificar as atividades presenciais”. No entanto, relatou que a decisão final será tomada após reunião do CONAC e CONSUNI.
Veja mais notícias do estado no g1 Bahia.
Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia
Ouça ‘Eu te explico’ 🎙